Foto: Alberto Melnechuky

Elsio levou um balaço na cabeça, dentro de casa.

Desentendimento por causa de uma motocicleta pode ter sido o motivo do assassinato do pedreiro Elsio Mariano da Cruz, 34 anos, no início da madrugada de ontem, em Pinhais. Ele foi morto com um tiro na cabeça no interior de uma casa, na Rua Luiz Camões, próximo à Rua Guilherme Ceolin, Vargem Grande. O proprietário da residência, Fábio de Souza, também foi baleado e deixou o local ferido.

A delegacia de Pinhais já tem um suspeito para o homicídio, seria um indivíduo conhecido por ?Beiço?. O suspeito é o mesmo que teria envolvimento com a morte de  Dayvith André de Oliveira Santos, 23, em frente a um bailão de Pinhais, no último dia 19. As informações são de que ele seria o dono da motocicleta Fazer preta, que estava com a vítima. Após o crime, o autor levou a moto. Na casa, ainda foi encontrada uma bucha de cocaína.

?A motocicleta já foi localizada pela Polícia Militar e trabalhamos para identificar o suspeito?, disse o superintendente Valente.