A cabeça batida várias vezes contra a parede causou a morte de Lincoln Thiago da Silva, 20 anos. Agredido numa residência do Jardim Iguaçu I, em Fazenda Rio Grande, às 17h30 de segunda-feira, o rapaz morreu minutos depois, a caminho do hospital local. Um amigo dele, que mora na casa, é o suspeito do crime.

A polícia apurou que Lincoln tinha vida errante – parava em vários lugares, entre eles a moradia de Jeferson Fábio Gomes de Oliveira, 21 anos. Segunda-feira, os dois teriam passado a tarde bebendo juntos, até envolverem-se numa discussão. “Jeferson teria segurado a cabeça de Lincoln embaixo do braço e a batido contra a parede”, disse o superintendente Marcos Biale, da Delegacia de Fazenda Rio Grande. Com traumatismo craniano, o rapaz foi encaminhado ao hospital da cidade, onde chegou morto.

Segundo o policial, testemunhas presenciaram o crime e serão arroladas para depôr oficialmente. O suspeito esteve preso algumas vezes por pequenos delitos, como brigas. “Fomos duas vezes na casa do Jeferson, mas ele está evadido. Poderemos solicitar prisão preventiva dele em breve”, falou Biale.