Depois de uma briga generalizada num bar, em Fazenda Rio Grande, no início da madrugada de sábado, um pai viu o filho ser assassinado a tiros e ajudou a polícia a prender dois suspeitos.

A confusão foi no bairro Santa Maria. Leandro Ferreira Chaves e Fernando Maico Cardoso Terra teriam levado golpes de facão de Luiz Fernando de Lima, 29 anos, durante uma bebedeira. Eles foram para o hospital e depois decidiram se vingar.

Por volta de 0h30, eles chamaram Luiz no portão de sua casa, na Rua Natal, e assim que o rapaz se aproximou foi baleado no peito. O pai de Luiz, Antônio de Lima, 61 anos, testemunhou o crime e partiu para cima dos atiradores, mas não conseguiu segurá-los. Luiz morreu na hora. Antônio teve ferimentos leves de segurar os bandidos.

O pai denunciou à polícia o endereço de Leandro e Fernando, no mesmo bairro, garantindo que a dupla foi responsável pela morte de seu filho. Os dois foram presos e, mesmo reconhecidos pelo pai da vítima, negaram o crime. A arma do homicídio teria sido emprestada por outro homem, porém a arma não foi localizada na residência dele, que foi ouvido e liberado.