Uma relação incestuosa, entre um pai de 59 anos e a filha de 28, chegou ao extremo este mês. Denunciado pela própria família, Antônio Batista Mendes foi preso por policiais do 1.º Distrito Policial, acusado de ser pai e ao mesmo tempo avô da criança.

De acordo com o delegado Fauze Salmem, o caso chegou até a polícia através de uma denúncia feita pelas duas filhas mais velhas de Antônio à Defensoria Pública. Elas contaram que há cerca de um ano, o homem estaria mantendo relações sexuais com sua irmã de 28 anos, com quem mora. Este mês, a jovem, que sofre de deficiência mental, engravidou, o que agravou ainda mais a situação. Assim como sua outra filha, de 17 anos, as duas eram proibidas de sair de casa, ficando trancadas sempre que o pai saía. Por causa disso, ela deu à luz no banheiro da casa. A criança nasceu prematura e permanece hospitalizada.

Levado à delegacia, Antônio confessou ter mantido relações sexuais com a filha, alegando que ela o procurava à noite em seu quarto.

Apesar do delegado não ter dúvidas de que Antônio é pai do próprio neto, será solicitado um exame de DNA para confirmar a suspeita. Antônio, que é viúvo, ficará detido, separado dos demais presos, na carceragem do 1.º Distrito Policial.