enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Pai e filho presos suspeitos de homicídio ocorrido em agosto

Um amigo de infância do mais novo foi atropelado e morto a tiros

  • Por Fernanda Deslandes

Paulo Cleberson Fogaça da Silva, 23 anos, está preso e o pai dele, Paulo César da Silva, 45, foragido. Os dois são suspeitos de atropelar e matar a tiros um amigo de infância do rapaz, em 11 de agosto, na Cidade Industrial.

Segundo o delegado Danilo Zarlenga, da Delegacia de Homicídios, Thomas Taylor do Nascimento, 23 anos, estava bêbado quando discutiu com a esposa de Paulo Cleberson e a agrediu. Paulo César teria dito “isso não pode ficar assim”, e incitou o filho à vingança.

Paulo Cesar, conduzindo o veículo, atropelou Thomas na Rua Oscar Sanches Monteiro, e teria incentivado o filho a matar o amigo. De acordo com as investigações, Paulo Cleberson desceu do carro, atirou três vezes contra Thomas e fugiu com o pai. O crime foi testemunhado por várias pessoas, que reconheceram os suspeitos.

Investigadores da DH prenderam Paulo Cleberson na quarta-feira, primeira vez que ele retornou ao bairro depois do homicídio. Paulo Cesar permanece foragido. Denúncias podem ser feitas pelo telefone (41) 3360-1400.

Versão

 Paulo Cleberson nega envolvimento na morte do amigo. Os dois, que conviviam desde o colégio, segundo o delegado entraram juntos para a criminalidade. Paulo Cleberson disse que o único envolvido com roubos e homicídios era Thomas e que o rapaz tinha vários inimigos.

O detido confirmou que Thomas bateu em sua esposa, mas nega o crime. “Três meses antes, ele bebeu fiado no meu bar. Minha esposa reclamou e ele a xingou. Saí de perto e ele bateu nela, mas parou por aí”, afirma.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas