enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Olho vivo

Operação Natal reforça policiamento no Estado

Com a chegada do 13°, cresce o número de tentativas de estelionato e roubos

  • Por Polícia Militar

A Polícia Militar do Paraná (PMPR) lançou às 14h desta segunda-feira (09), no Quartel do Comando Geral, no bairo Rebouças,a “Operação Natal”, que tem como objetivo reforçar o policiamento em todo o Estado devido a chegada dos festejos natalinos e do pagamento do 13º salário.

As ações visam prevenir e coibir a prática de crimes nesse período, e para isso o efetivo é incrementado com policiais militares que atuam no setor administrativo e, inclusive, escalas de folga e férias são remanejadas.

No Paraná, no último mês do ano, há um aumento de cerca de 0,2% no índice de furtos e de cerca de 11% no de roubos por conta da maior circulação de pessoas nas ruas e estabelecimentos comerciais, com mais dinheiro no bolso, por conta do recebimento do 13º salário.

Nesta época também aumenta a incidência do crime chamado de “saidinha de banco”, os arrombamentos à residência, principalmente nos dias festivos, e as vítimas potenciais são as mulheres e os idosos.

“Por isso é importante tomar alguns cuidados básicos como não contar dinheiro na rua, andar com dinheiro em pouca quantidade, usar cartões para as compras, carregar bolsas em frente ao corpo, evitar portar carteiras nos de trás, não ostentar joias e objetos de valor, trancar bem o carro, ficar atento – já que muitos crimes ocorrem porque a pessoa “relaxa” em sua segurança facilitando a ação de oportunistas. Na residência, se for deixar fechada, sempre pedir a um vizinho ou parente para que abra a casa, acenda e apague as luzes de vez em quando e recolha correspondências”, sugere o Comandante do 1º Comando regional da PM, coronel Milton Isack Fadel junior.

Operação Natal

A operação, lançada oficialmente no mesmo dia em todo o Paraná, seguirá com o policiamento intensificado enquanto for necessário, tanto na capital quanto na Região Metropolitana e no interior do Estado. “Trata-se de uma malha de recobrimento aos batalhões de área, é um reforço”, explica o subcomandante Geral da PM, coronel Péricles de Matos.

“Vamos estar nos adaptando às demandas locais, então o horário de funcionamento dos estabelecimentos de Curitiba será diferente dos de Guarapuava, de Londrina, ou de outras cidades, por exemplo. Nós estamos readequando nossas escalas de serviço, a partir das estatísticas analisadas das últimas três “Operações Natal”, para que possamos ativar o máximo de equipes”, conta o coronel Péricles.

“O efetivo é variável, até porque nós estamos equacionando duas coisas, temos que manter o policiamento em todas as cidades do Paraná e estamos também fazendo a “Operação Verão”. Vamos trabalhar com o aporte de policiais militares para garantir o máximo de segurança e evitar a perturbação do sossego”, ressalta o coronel.

Nesta operação a PMPR intensifica as ações nos locais onde há um maior número de pessoas devido as festividades natalinas e a circulação do 13º salário, como shoppings, feiras populares e comércios onde há um aumento de circulação por conta da compra de presentes.

As ações preventivas e de trânsito também são intensificadas nesta época, devido a chegada das férias escolares, para proporcionar a segurança e a tranquilidade à população. As atividades desenvolvidas na “Operação Natal” concentram-se na ação presença, focando nos locais de circulação de pessoas, a área comercial central e dos bairros, sem esquecer das ações de polícia ostensiva que busca prevenir a ocorrência de diversos crimes.

Durante a operação também serão desenvolvidas ações com a participaç,ão de outros órgãos de segurança pública e de fiscalização, que tem como objetivo principal garantir e preservar a segurança pública em todo o estado do Paraná no decorrer deste mês de dezembro em que a operação é desencadeada.

Além da participação de todos os policiais militares dos batalhões, a operação também contará com o apoio da Academia Policial Militar do Guatupê (APMG), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), do Regimento de Polícia Montada (RPMon) e do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd).

Suellen Lima
Mais 2 mil vão engrossar efetivos das ruas no fim de ano.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas