O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo José de Oliveira, lançou na manhã desta quarta-feira (05), a Operação Escudo, em Campo Mourão, para aumentar a segurança da cidade. A solenidade foi na Praça São José, na Avenida Capitão Índio Bandeira. Nesta quinta-feira (06), o lançamento será feito na cidade de Paranavaí.

De acordo com o coronel Anselmo, 45 policiais participam da operação, mantendo o mesmo padrão usado nas outras cidades que receberam o reforço policial. “Os policiais protegerão as pessoas nas esquinas das principais ruas e em praça. Assim como em Curitiba e outras cidades, teremos redução significativa nos furtos e roubos, mas, o principal objetivo é o cidadão ter contato diretamente com o policial e sentir-se seguro ao transitar pela cidade”, afirmou Anselmo.

Campo Mourão possui 85 mil habitantes, conforme informado pela prefeitura. O 11.º Batalhão da Polícia Militar, com sede na cidade, registrou que os crimes mais freqüentes são furtos à residência, a interior de veículos e bicicletas. Só neste ano, de acordo com os dados, foram registrados 257 furtos em residências, 102 em comércios, 119 em veículos e 193 bicicletas foram levadas por ladrões.

Marcos de Souza/PMPR
“A Operação Escudo vai fortalecer a segurança pública”, disse o tenente-coronel Antônio Aurélio Chaves da Conceição

O reforço no policiamento, na opinião do tenente-coronel Antônio Aurélio Chaves da Conceição, comandante do 11.º BPM, ajudará no combate esses delitos. “A Operação Escudo vai fortalecer a segurança pública de Campo Mourão, porque os policiais militares trabalharão em horários e pontos estrategicamente escolhidos, onde possam ver e ser vistos no sentido de neutralizar a ação dos malfeitores”, esclareceu o tenente-coronel.

De acordo com tenente-coronel Aurélio, trabalham na operação de Campo Mourão, policiais do setor administrativo e os alunos-soldados que estão em estágio probatório que colocam em prática seu treinamento.

Além do comandante da PM, participaram do evento o subchefe do Estado-Maior da PM, coronel Roberson Luiz Bondaruk, o prefeito Nelson José Tureck, o procurador jurídico de Campo Mourão, José Luis Gurgel, o presidente do Conselho Municipal de Segurança, Luiz Carlos Cavalheri, além de representantes de grupos de serviço de Campo Mourão e secretários municipais.