Um ônibus fretado pela Prefeitura de Foz do Iguaçu para trazer pacientes para Curitiba estava transportando onze notebooks e uma câmera digital (avaliados em US$ 10 mil) contrabandeados do Paraguai. O dono da mercadoria foi identificado e conduzido para a Receita Federal, onde foi lavrado um termo circunstanciado por descaminho.

Policiais rodoviários federais do Posto de Santa Terezinha de Itaipu, situado no quilômetro 714, da BR-277, em Foz do Iguaçu, estavam fazendo blitz de rotina nos veículos que passavam pelo local e resolveram abordar o ônibus, às 19h25 de terça-feira. Ao revistarem o bagageiro do veículo, encontraram duas malas contendo os equipamentos contrabandeados. Diante das circunstâncias, os policiais pediram para ver a lista dos passageiros. O motorista exibiu o documento digitado com o nome de pessoas que teriam consultas médicas marcadas em Curitiba. No final da lista, constava o nome de Jacir José Della Vecchia, 44 anos, escrito com caneta. Segundo os policiais, ele não tinha consulta marcada. Jacir foi encaminhado para a Receita, junto com os produtos contrabandeados, e o ônibus seguiu viagem para Curitiba.