enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Mudança

Novo IML de Curitiba será construído no Tarumã

A nova sede do Instituto deve receber investimento de R$ 15 milhões

  • Por Polícia Civil

A nova sede do Instituto Médico-Legal de Curitiba (IML) será construída no bairro Tarumã. O terreno que vai abrigar o prédio pertence ao Estado e fica atrás do Jockey Club do Paraná.

“O compromisso é fazer a obra o mais rápido possível”, informa o secretário estadual da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida Cesar. No local também vai funcionar uma delegacia cidadã.

Com uma área construída estimada em 6,8 mil metros quadrados, a nova sede do IML deve receber investimento de R$ 15 milhões. O edital de licitação para contratar a empresa responsável pelas obras deve ser lançado ainda neste segundo semestre. Anteriormente, o projeto seria realizado na Vila Izabel.

Desde o ano passado, diversas melhorias foram implantadas pela secretaria para garantir melhores condições de trabalho para os funcionários e para o atendimento aos cidadãos no IML de Curitiba e do interior.

“A reestruturação do IML faz parte do programa Paraná Seguro e novas edificações estão projetadas para as principais cidades do Estado”, informa Almeida César.

De acordo com o diretor do Instituto Médico Legal, Porcídio Vilani, a unidade da capital passou por uma série de melhorias em razão do precário estado em que se encontrava no início de 2011.

“Quando assumi o IML, em março do ano passado, o quadro era caótico. Eram 189 corpos, 119 dos quais não identificados e putrefeitos e alguns nas câmaras frias desde 2008”, lembra o médico.

Segundo ele as câmaras frias foram recuperadas e a área de radiologia revitalizada. Para os servidores que trabalham no setor, foram comprados equipamentos de proteção individual (EPIs) apropriados para a execução do trabalho e um laudo constatou que o aparelho de intensificador de imagens está em plenas condições de utilização.

O IML da capital também ganhou um novo cromatógrafo (equipamento que detecta substâncias ilícitas no sangue e no tecido do corpo) e o antigo aparelho foi consertado. “Dessa forma, o IML acabou com o acúmulo de amostras biológicas e drogas brutas que aguardavam para serem periciados”, informa Porcídio Vilani.

Os novos investimentos no IML incluíram a locação de 25 veículos adaptados para o transporte de cadáveres, que foram distribuídos às 18 seções médico-legais do Paraná. Além disso, foram contratados através de processo de seleção simplificado, novos legistas, auxiliares de necropsia e motoristas.

Para ampliar o quadro funcional, a Segurança Pública está elaborando um projeto de lei, para ingresso por meio de concurso público, além de regularizar as promoções e vacâncias nas classes de entrada dos servidores.

Interior

Além da capital, a Secretaria da Segurança Pública vai implantar sedes do IML nas cidades de Londrina, Maringá e Paranaguá. O edital de licitação para Londrina sai nos próximos meses.

No litoral do Estado, as obras estão em fase final e devem ser entregues até o fim deste ano. Em Maringá, a entrega do prédio está prevista para o início de 2013.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas