O delegado corregedor Nílton Rocha deve assumir o comando geral da Polícia Civil de Foz do Iguaçu. Na noite de sexta-feira (13) o delegado titular, Haroldo Davidson, foi afastado do cargo pela Secretaria Estadual da Segurança Pública. O motivo do afastamento foi a denúncia de que policiais do Foz estariam consumindo bebida alcoólica em serviço e usando carros públicos em benefício próprio.

O novo delegado comandará os trabalhos na delegacia até que seja indicado o nome de um outro policial para o cargo. As irregularidades eram cometidas em dois distritos policiais de Foz de Iguaçu, e foram mostradas durante uma reportagem do Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão. Após tomar conhecimento do fato, o delegado Haroldo Davidson já havia afastado dois investigadores identificados nas imagens. Mesmo assim, acabou perdendo o cargo por conivência.