Policiais da Divisão de Narcóticos da Polícia Civil prenderam, na madrugada de ontem, nove pessoas e apreenderam uma adolescente, na primeira Operação Ostensiva de Vigilância. A ação foi determinada pelo delegado-geral, Jorge Azôr Pinto, para coibir o crime no Terminal do Guadalupe, centro de Curitiba. Além das prisões, foram apreendidos diversos cachimbos para fumar crack, R$ 375,00 em dinheiro, uma bucha de maconha, uma faca, diversos cartões de banco e documentos e uma bicicleta roubados ou furtados.

Na noite de quarta-feira (18), sete investigadores à paisana começaram a observar o movimento no terminal. A partir das 2h de quinta-feira, foram efetuadas as prisões, após a constatação de várias pessoas suspeitas circulando pelo local. O delegado Wallace Castro indiciou um taxista, de 40 anos, por associação ao tráfico, juntamente com a jovem de 20 anos que o acompanhava. O taxista já havia sido denunciado pelo programa de Narcodenúncia por tráfico e foi flagrado com cerca de R$ 400,00, sem saber explicar a procedência do dinheiro.

Os policiais também prenderam uma mulher com uma carteira furtada e nove gramas de maconha e dois rapazes, acusados de praticar assaltos na região. Além deles, foram detidos um jovem que estava com uma bicicleta furtada e outro que estava armado com uma faca. Um casal, flagrado consumindo drogas, também foi levado à delegacia.