Foto: Anderson Tozato
Rafael de Lima Cardoso, 16 anos, foi assassinado durante o culto da igreja Deus é Amor.

Com dois tiros na cabeça, três no peito e um no braço, Gerson Teixeira, 26 anos, foi executado às 23h da última sexta-feira, na Rua Gerônimo Mendes dos Santos, na Vila Maria Antonieta, em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

Segundo policiais que atenderam a ocorrência, os autores do crime seriam dois rapazes ocupando uma motocicleta, usando capacetes cinzas e jaquetas com desenhos. A dupla fugiu em direção da Avenida Iraí.

Na igreja

De acordo com as primeiras informações apuradas pela polícia, os executores de Gerson seriam os mesmos que invadiram a igreja evangélica Deus é Amor, na Rua Costa Rica, Vila Palmital, também em Pinhais, e assassinaram o adolescente Rafael de Lima Cardoso, 16 anos, por volta das 21h40.

Cerca de 70 fiéis estavam culto, fazendo as últimas orações antes de ir embora. De repente, vários tiros foram ouvidos. Três rapazes perseguiam o adolescente, que corria pela Rua Marrocos. O jovem invadiu o culto, o que não intimidou seus algozes, que com armas em punho o acuaram na parede próximo ao altar e sem se importarem com as testemunhas, deram vários tiros, acertando diversas partes do corpo.

Em seguida, os autores saíram pulando os bancos da igreja e apontando as armas para os fiéis. ?Muitas crianças, mulheres idosas estavam orando, mas eles nem se importaram?, disse uma mulher de 76 anos. ?Eles invadiram o templo. É um desrespeito com a casa de Deus. É o próprio Satanás que usa as pessoas para tirar a vida de alguém dentro da casa de Deus?, disse João de Oliveira, que presenciou o crime.

Policiais da delegacia de Pinhais estão trabalhando para apurar se os dois crimes estão relacionados e se realmente foram praticados pelas mesmas pessoas.