Uma mulher que teve 60% do corpo queimado durante um incêndio criminoso dentro da sua casa morreu na noite de segunda-feira no Hospital Evangélico.

Mara de Fátima Caetano de Quadra, 53 anos, dormia com o marido por volta da 1h de 25 de janeiro quando três homens pararam duas motos em frente à residência, na Avenida Senador Salgado Filho, no Uberaba. Uma das motocicletas, de acordo com testemunhas, era azul.

Os três arrombaram o portão, atiraram na porta e invadiram o quarto do casal, onde jogaram gasolina, atearam fogo e fugiram. Mara teve 60% do corpo queimado e foi encaminhada ao hospital. O marido queimou apenas as mãos.

O casal vivia na residência há 11 anos, mas uma decisão judicial levou a casa à leilão. Três meses antes do arremate, o marido de Mara entrou com um pedido de usucapião, mas não teve tempo de obter resposta. A casa foi vendida e, segundo testemunhas, o novo proprietário já cobrava o casal quando o crime aconteceu.

“A pessoa que comprou a casa será ouvida. Ainda que o marido da vítima tenha relatado que não sofreu ameaças, testemunhas afirmaram que ele recebeu sim”, ressalta o delegado Rubens Recalcatti, titular da Delegacia de Homicídios, que segue investigando o crime.