enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Mulher executada com tiro na cabeça

  • Por Carlos Simon

Dispostos a matar um foragido da Justiça chamado Orlando, assassinos invadiram uma casa no Jardim Ipê, em São José dos Pinhais. O homem que seria assassinado não estava na moradia, mas os criminosos não perderam a viagem: atiraram na cabeça da irmã dele, Neusa dos Santos Ribeiro, 46 anos, às 23h30 de quarta-feira. A mulher morreu de madrugada no hospital e a polícia acredita que o tráfico de drogas esteja por trás do crime.

Estavam na casa Neusa, os dois filhos maiores de idade, o amásio dela e uma idosa. Os invasores – que seriam dois – arrombaram a porta de entrada e perguntaram por Orlando. Os moradores disseram que ele não estava e obtiveram resposta violenta: dois tiros foram disparados e um acertou a cabeça de Neusa. O Siate a socorreu, mas ela morreu às 3h15 de ontem no Hospital Cajuru.

Fugitivo

Segundo as testemunhas, algumas pessoas vieram à casa de Neusa em outras ocasiões, à procura do irmão. “Temos informações de que Orlando foi condenado por tráfico e é fugitivo de alguma penitenciária”, disse a delegada de São José dos Pinhais, Maritza Haisi.

Interrogados pela polícia, os filhos da vítima disseram que os assassinos lhes ordenaram a cobrir os rostos com cobertores -por isso não podem reconhecê-los. Para a delegada, a principal hipótese do crime é um acerto de contas relacionado com comércio de drogas. Em princípio, o alvo era Orlando, mas a polícia investiga se Neusa tinha envolvimento direto com o tráfico.

A possibilidade de vingança também é levada em conta. “Alguém ligado ao Orlando teria matado uma pessoa relacionada a um grupo rival. São famílias que estariam em guerra por negócios ilícitos”, disse Maritza. A delegacia deve ouvir novamente as testemunhas em busca de suspeitos do assassinato.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas