Uma mulher, de 54 anos, foi assassinada a facadas durante a noite, quando dormia ao lado dos netos na casa onde morava, na Rua 34, Vila Zumbi dos Palmares, em Colombo.

O menino, de 7 anos, e a irmã dele, de 12, conseguiram esconder-se dos assassinos e esperaram o dia amanhecer para pedir ajuda. Maria Januário dos Santos levou pelo menos 12 facadas e ficou caída na sala da pequena residência.

A neta contou para a polícia que dois homens encapuzados invadiram a casa e foram até o quarto. Arrancaram a mulher da cama e a levaram até a sala. Mesmo com dificuldades ela lutou com os bandidos.

Depois de cometer o assassinato, segundo a garota, os bandidos discutiram. Um deles gritava com o outro, dizendo que era somente para dar um susto na mulher e que teriam que matar as crianças.Aterrorizados, os dois netos esconderam-se no forro e ficaram enrolados em um cobertor. Por volta das 6h30, eles foram à casa de uma vizinha e pediram ajuda.

Ameaças

Cléia, uma das filhas de Maria, contou que a mãe era uma pessoa justa. “Ela sempre denunciava as coisas erradas que via na vila. A polícia já a conhecia, de tanto que ela reclamava e ia até a delegacia fazer denúncias”, contou a filha.

Cléia disse também, que, em uma das últimas conversas que teve com a mãe, ela comentou que estava sendo ameaçada. “Não sei quem a estava ameaçando, mas ela disse que estava com medo”.

Maria morava na vila há mais de sete anos e, para sustentar os dois netos, trabalhava com um carrinho, recolhendo materiais recicláveis. A mãe das crianças reside em Santa Catarina.

Os dois netos, bastante abalados, foram levadas pelo Conselho Tutelar do município, que deverá entrego-las à mãe. O crime será investigado pela delegacia do Alto Maracanã.