Um acidente envolvendo três veículos, provocado por um motorista embriagado, por pouco não resultou em tragédia, às 15h de ontem, na Avenida das Torres, Uberaba. Uma criança, de 3 anos, teve que ser socorrida e internada no Hospital Pequeno Príncipe, mas sem gravidade.

Embora um veículo tenha sido jogado barranco abaixo e outro capotado, os ocupantes sofreram apenas escoriações. Márcio Ricardo Corso, 39, que teria causado o acidente, foi encaminhado à Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), porque não tinha habilitação e estava sob efeito de álcool.

Os três veículos seguiam sentido Curitiba. Cerca de 300 metros após o portal de São José dos Pinhais, o Escort placa AGM-2688, conduzido por Márcio, bateu na lateral traseira esquerda do Honda Civic, AVV-1204, dirigido por Guilherme Maia. O Honda Civic foi jogado para a direita e atingiu a Hilux, ATA-3950, conduzido pelo empresário Luiz Carlos.

Poste

As colisões fizeram com que o Honda Civic atingisse um poste de luz e capotasse na lateral da pista. Apesar do susto, das três pessoas que estavam no carro, apenas uma menina, de 3 anos, ficou ferida, sem gravidade. O condutor sofreu escoriações e recusou atendimento médico. Ele também foi submetido ao teste do bafômetro, que deu negativo.

O motorista da Hilux levou um susto ainda maior. Seu veículo foi jogado no barranco e parou a mais de 50 metros da pista. Mesmo assim, Luiz Carlos não sofreu um corte sequer.

“Felizmente tive apenas danos materiais”, disse. O empresário afirmou que o acidente foi provocado pelo motorista do Escort. “De longe eu já tinha visto, no retrovisor, ele podando vários veículos”, relatou. O teste do bafômetro de Luiz Carlos também deu negativo.

Versão

O condutor do Escort alega que bateu no Honda Civic, porque teria sido fechado por um veículo. Márcio garantiu que não tinha bebido, porém o bafômetro apontou 0,26 miligramas de álcool por litro, enquanto que o tolerável, segundo a polícia, é 0,10.

Após conferir o resultado do teste, Márcio admitiu que ingeriu uma latinha de cerveja pela manhã. Ele foi notificado e multado por dirigir embriagado e conduzido ao Dedetran por não ter habilitação. Além disso, teve o carro apreendido e levado ao pátio do Detran.