Dois amigos foram atropelados no início da madrugada de hoje (05), na Vila Verde, Cidade Industrial de Curitiba. O motorista do veículo causador do acidente terminou de matar uma das vítimas com disparos ‘à queima roupa‘ e fugiu.

O gesseiro Wellyngton Cristiano de Souza Queiroz, 18 anos, o ‘Queixinho‘, e um garoto de 16 anos saíam de uma churrasco na casa do adolescente e caminhavam perto da Rua Emilio Romani, por volta de 0h10, quando o carro se aproximou em alta velocidade e os atropelou.

O garoto, mesmo com fratura exposta em uma das pernas, percebeu que o motorista estava armado e conseguiu se esconder dentro de uma casa. Wellyngton teve ferimentos graves no atropelamento e ficou caído perto do carro.

Segundo testemunhas, o motorista desceu, encostou a arma na cabeça da vítima e efetuou quatro disparos. Ele fugiu, e Wellyngton morreu na hora. O adolescente foi encaminhado pelo Siate ao Hospital do Trabalhador.

No caminho ele conversou com policiais militares, mas não soube repassar características do assassino, nem o modelo do carro que os atropelou. Ele deve ser ouvido ainda nesta semana por investigadores da Delegacia de Homicídios.

Peritos do Instituto de Criminalística confirmaram, através de marcas no asfalto, os indícios do atropelamento. No local foram apreendidos três projéteis de revólver calibre 38.