Dois motociclistas morreram em acidentes de trânsito envolvendo caminhões, na tarde de ontem. Nos dois casos as vítimas tiveram morte instantânea. O primeiro aconteceu por volta de 14h30, na esquina da Rua Conselheiro Laurindo com Avenida Visconde de Guarapuava, centro.

Marco Aurélio de Souza Lima, 48 anos, morreu ao bater sua Drag Star XVS 650 placa AQS-3292, de Pinhais, com o caminhão Volkswagem, BUD-9102, de Assis (SP), dirigido por Reinaldo Lima da Silva. O trânsito ficou lento até corpo ser recolhido ao Instituto Médico-Legal, quase duas horas depois.

De acordo com informações colhidas pelo o Instituto de Criminalística, os dois veículos trafegavam pela Avenida Visconde Guarapuava e fizeram conversão a direita na Rua Conselheiro Laurindo.

Um homem, que não quis se identificar ,disse que o caminhão entrou na terceira pista e não teria percebido que o motociclista tinha virado junto. “Não sei quem está certo ou errado, mas o fato é que uma pessoa morreu.”

Rodado

Os socorristas Ferreira e Cordeiro, do Siate, disseram que, na queda, Marco foi jogado para baixo do caminhão e morreu na hora. “Infelizmente ele caiu com a cabeça embaixo do rodado”, contou Cordeiro.

O motorista do caminhão ficou em estado de choque e precisou ser atendido por comerciantes das lojas da região. Até o final da tarde ele não tinha sido ouvido pelos policiais do Batalhão de Polícia de Trânsito.

O trânsito na região central, que normalmente é lento, ficou pior e, por volta de 17h, as filas de carros começavam se formar no final da Rua Almirante Tamandaré. Logo que o corpo foi recolhido, a pista que estava impedida foi liberada pela polícia.

Capacete

Cerca de uma hora depois, na Avenida Comendador Franco (Avenida das Torres), no bairro Boneca do Iguaçu, em São José dos Pinhais, o motociclista Valdir Henrique Nascimento da Silva, 19 anos, se envolveu em um acidente de trânsito. Ele pilotava a moto Fan placa ASA-4506 e bateu com o caminhão Mercedes-Benz placa AGI-0896, carregado de tijolos, dirigido por Jacir Soares, 46.

Segundo testemunhas, os dois veículos estavam no sentido Curitiba e seguiam com velocidade condizente com a via, no entanto, o motociclista perdeu o controle da moto quando tentou arrumar o capacete. Ele bateu na traseira do caminhão e morreu na hora.