Gildo Gilinski, 40 anos, foi encontrado morto na manhã de ontem, na Rua Francisco José Lobo, Xapinhal, no Sítio Cercado. O crime aconteceu durante a madrugada e Adriano José de Moura, 29, principal suspeito, foi preso horas mais tarde por investigadores da Delegacia de Homicídios.

A polícia acredita que o caso esteja relacionado com o tráfico de drogas, já que o local onde o crime aconteceu é um mocó, frequentado por usuários e traficantes. Os investigadores que estiveram no local, mesmo acostumados com cenas de violência, ficaram chocados. Gildo foi morto com pancadas na cabeça e tinha um cabo de vassoura introduzido no ânus, que ia até o peito.

Preso

Enquanto colhiam informações no local do crime, os investigadores receberam informações que o autor estaria nas proximidades. Logo em seguida encontraram Adriano, com a moto Titan AHZ-4301, que pertencia a Gildo. O superintendente da DH José Carlos Machado disse que o rapaz foi ouvido durante a tarde e autuado pelo crime.