Alberto Melnechuky
Antônio foi baleado na cabeça
e morreu recostado na mesa.

Quando participavam de um torneio de sinuca, em um bar na Rua Elizabeth Parodi, no Jardim Monteiro Lobato, no Tatuquara, Antônio Jair de Assis, 50 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça, às 19h45 de sábado. Na hora do crime, o bar estava lotado, mas ninguém contou à polícia o que aconteceu.

Policiais da Delegacia de Homicídios estiveram no local e apuraram que Antônio era proprietário do imóvel onde o bar funcionava, mas estava locado para uma mulher. Na noite de sábado, foi realizado o torneio de sinuca e a vítima era um do s participantes. Às 19h30, Antônio saiu do estabelecimento. Minutos depois, os freqüentadores ouviram um disparo. Ao saírem para ver o que estava acontecendo, encontraram Antônio baleado, sentado em uma cadeira e com a cabeça apoiada em cima de uma mesa que estava na parte externa do bar, cheia de garrafas de bebidas. A toalha da mesa estava manchada com o sangue da vítima. Ninguém soube informar à polícia quem atirou ou o motivo do disparo.

No início da semana, a polícia deverá ouvir familiares e amigos da vítima, além de pessoas que estavam no bar no momento do crime para apurar o que realmente aconteceu.