Daniel Derevecki
José era suspeito de ter matado.

Enquanto esperava a carona de um amigo para ir ao trabalho, o metalúrgico José Antônio dos Reis Júnior, 23 anos, foi morto com um tiro na cabeça, perto das 7h15 de ontem, no Jardim das Américas. Ele caiu às margens da BR-476, próximo ao viaduto da BR-277, a poucos metros do Centro Politécnico. A polícia acredita que o crime possa estar relacionado a um homicídio ocorrido na Vila Trindade, no Cajuru, há cerca de dois meses, em que José Antônio é suspeito de ter participação.

O investigador Nei, da Delegacia de Homicídios, comentou que José morava na Vila Perneta, em Pinhais, e que sua execução pode estar ligada ao homicídio, ocorrido no Cajuru. ?As informações são que ele vinha sendo ameaçado por um familiar da vítima e que estava jurado de morte?, disse Nei.