A mãe de um policial militar foi morta a facadas no final da tarde de ontem, na Rua Cid Campelo, Moradias Porto Belo, Cidade Industrial. O principal suspeito do crime é o marido dela, que não foi localizado pela polícia.

Solange Pereira, 40 anos, é mãe de um soldado lotado no Colégio da Polícia Militar, que já atuou na Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone). Ela foi atingida no pescoço dentro de casa às 17h10, e morreu na hora.

O marido Clélio Rodrigo Viana, 28, foi visto deixando a residência instantes antes de o corpo de Solange ser localizado por vizinhos. Ele está em liberdade condicional por outro crime cometido e, agora, é foragido.

Carona

Um homem ligou para uma emissora de televisão, no começo da noite, informando ser amigo de Clélio, e declarou, aos prantos, que lhe deu carona até a rodoviária. No caminho, Clélio teria comentado que matou a esposa por ciúmes. O homem não quis se identificar, e afirmou que o suspeito ainda está em Curitiba.