O segurança do Mercadorama Moacir Torquato Júnior, 36 anos, ferido com um tiro na cabeça na terça-feira, morreu ontem, às 5h, no Hospital Evangélico. Ele foi baleado por um policial civil aposentado, quando trabalhava no supermercado da Avenida Mariano Torres, centro.

O assassino está foragido, mas segundo o delegado-titular da Delegacia de Homicídios, Jaime da Luz, foram colhidas informações que podem levar a seu paradeiro. Na sexta-feira anterior ao crime, o policial teria sido flagrado por Moacir, furtando produtos de higiene.