enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Morre prensado contra poste

  • Por Carlos Simon

A investigação da polícia transformou um aparente acidente automobilístico em caso de homicídio. O mecânico Manoel Pedro Goinky, 19 anos, teria sido atropelado propositadamente por um Chevette, na Avenida Victor Ferreira do Amaral, Tarumã, às 7h de domingo. O motivo seria uma briga momentânea entre a vítima, que morreu na hora, e o proprietário do carro.

Segundo o delegado José de Deus, da Homicídios, ocupantes do Chevette AEG-3292 teriam mexido com duas garotas que acompanhavam Manoel, morador no Capão da Imbuia. O mecânico teria respondido com pedradas que atingiram o Chevette. “As meninas saíram para um lado, e o rapaz para outro. O motorista perseguiu Manoel pelo canteiro ou pela contramão e o prensou contra o poste”, relatou o delegado. O impacto foi violento: o carro voltou cinco metros e o passageiro José Everaldo Gonçalves machucou-se, sendo levado em seguida pelo Siate ao Hospital Cajuru. Já o motorista fugiu a pé, abandonando o carro e o carona ferido.

Placa

Através da placa, a polícia descobriu que o proprietário do Chevette é Luiz Carlos Alves de Ramos, morador do Jardim Bela Vista, em Piraquara. Em contato preliminar com investigadores da Delegacia de Homicídios, José Everaldo afirmou que Luiz Carlos conduzia o carro quando Manoel foi morto. Policiais estiveram à procura do acusado, mas ele não foi localizado. “Foi uma violência exagerada. Vamos solicitar a prisão preventiva do motorista caso ele não se apresente”, finalizou José de Deus.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas