Internado desde quinta-feira, dia 26, no Hospital do Trabalhador, Claudemir Pedroso dos Santos, 22 anos, não resistiu aos graves ferimentos e morreu na tarde de ontem. Por volta da 0h30 de quinta-feira, ele foi vítima de uma tentativa de homicídio, que aconteceu na saída do Clube Olímpico, na Rua Francisco Derosso, no Xaxim. Segundo investigadores da Delegacia de Homicídios (DH), acredita-se que o crime seja de autoria de um foragido do 8.º Distrito Policial (Portão), de nome André, cuja identificação completa e motivo de sua prisão ainda não foram levantados.

A DH também informa que, segundo dados coletados com testemunhas, o motivo da briga foi uma discussão dentro do clube. Do lado de fora, André resolveu acertar as contas com a vítima, baleando e esfaqueando Claudemir.