Marcelo da Silva Rampa, 17 anos, baleado na nuca na madrugada de sábado, em um matagal na invasão do Terra Santa, morreu na manhã de domingo, no Hospital do Trabalhador. Seu amigo Anderson Jeremias Felix, 22, morreu no local. Os dois foram seqüestrados na madrugada de sábado e levados para a invasão, nos fundos de um barraco situado no fim da Rua do Bosque. Eles foram encontrados ajoelhados, com as mãos amarradas para trás e com ferimentos de tiro na nuca.