Morreu na tarde de ontem, no Hospital do Trabalhador, Saul Correia Anselmo, 45 anos. Ele estava internado desde às 15h30 de segunda-feira, quando foi esfaqueado por um colega de trabalho identificado apenas como Valério, na Churrascaria Eucaliptos, situada na BR-476 (antiga BR-116).

O delegado Luís Alberto Cartaxo de Moura, titular da Delegacia de Homicídios, disse que já foi instaurado inquérito policial para apurar as circunstâncias do assassinato e o nome completo do autor do crime. "Vamos intimar o proprietário e as pessoas que presenciaram o crime. Se o autor não se apresentar antes dos policiais apurarem sua identificação, vamos solicitar que a justiça decrete sua prisão preventiva", avisou Cartaxo.

Golpes

De acordo com as primeiras informações apuradas pela polícia, Valério estava com o material de trabalho nas mãos, quando se desentendeu com Saul. Após a discussão, Valério teria desferido quatro golpes de faca em seu colega. Gravemente ferido por dois golpes no peito, um nas costas e outro no braço, Saul foi socorrido pelo Siate e conduzido ao hospital, onde foi submetido a cirurgia, mas não resistiu.