Alberto Melnechuky
Geovane era procurado pela polícia.

Às 18h de sábado, o garotinho Saimon Furquim dos Santos, 6 anos, foi vítima de uma bala perdida na Rua Chanceler Lauro Muller, no Parolin. Moradores na Rua Montese, naquele mesmo bairro, mãe e filho caminhavam em direção a uma farmácia quando dois homens armados duelaram na rua. a mãe ouviu os tiros e logo percebeu que Saimon estava ferido na barriga. Ela pediu socorro a um morador e levou o garoto ao Hospital do Trabalhador.

Saimon não suportou o ferimento e morreu logo que chegou ao hospital. A mãe declarou à polícia que não conhece os dois homens, e que também, devido às circunstâncias, não consegue descrevê-los. Saimon foi sepultado às 13h de ontem, no Cemitério Parque São Pedro, no Umbará. O caso foi registrado pela Delegacia de Homicídios.

Estelionato

Um policial civil de Curitiba realizava investigação relacionada a um crime de estelionato, quando, ao pegar o bandido em flagrante e dar voz de prisão a ele, foi recebido a tiros. O policial revidou e acertou o acusado, identificado como Giovane Zanier da Silva, 20 anos, que tombou morto às 18h50 de sábado, na Rua Irineu Adami, quase esquina com a Rua Guabirotuba, na Vila Torres. Giovane portava uma pistola nove milímetros e foi atingido no peito por um tiro da pistola .40 do policial. Há a informação de que, durante a troca de tiros, o suspeito feriu três pessoas.