Marcus tentou convencer
a polícia que é inocente.

O sistema de rastreamento e monitoramento de veículos colaborou para que policiais da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos colocassem um ladrão de camionetas atrás das grades. O mecânico Marcius Lincoln Silva Saldanha, 33 anos, estava de posse da camioneta F-250 placa ALB-2207, roubada no sábado último, e da Saveiro placa ALP-2307, tomada em assalto no dia 24 de fevereiro desta ano. Ele foi autuado em flagrante por receptação e adulteração de veículos.

O delegado Hamilton Cordeiro da Paz, titular da DFRV, disse que a camioneta foi tomada em assalto às 10h da manhã de sábado. O proprietário foi até a delegacia registrar a ocorrência e informou que seu veículo tinha sistema de monitoramento. Os investigadores Klein, Roberto e Airton entraram em contato com a empresa e descobriram que o veículo estava nas proximidades da Praça dos Menonitas, no Boqueirão. O delegado Hamilton e os investigadores foram até o bairro e encontraram a camineta nos fundos de um casa de madeira, na Rua Tenente Theolindo Ferreira Ribas, já coberta com uma lona plástica para não chamar a atenção dos vizinhos.

Vovó

A casa pertence a avó de Marcius, uma senhora de 80 anos, e ela não soube dar informações sobre a procedência do veículo. A polícia, porém, apurou mais tarde que a camionete havia sido deixada no local pelo neto dela.

Na continuidade das investigações, os policiais foram até a casa de Marcius, na Rua Júlio Hoog, no Xaxim, onde acharam a Saveiro, que tinha na frente a placa AHN-9617 e na traseira, AAW-6722. Diante das situação, foi checado o chassi do veículo e apurado que a placa original é ALP-2307. A Saveiro também era produto de roubo.

Marcius foi encontrado mais tarde na Vila Hauer, ocupando um Astra, e estava em companhia de um mecânico que trabalha em sua oficina. O acusado tentou escapar, houve perseguição e ele acabou sendo preso em flagrante.

O delegado Hamilton salientou que Marcius já tem três passagens pela polícia por estelionato. Ele acredita que o detido tenha envolvimento com uma quadrilha de ladrões de carros, especializada em roubos de camionetas e veículos utilitários. “As investigações continuam no sentido de apurarmos os nomes de outros envolvidos, assim como apurar outros crimes cometidos pelo Marcius e seus comparsas”, salientou o delegado.

Hamilton solicitou às pessoas que reconheçam o preso como assaltante, que entrem em contato com a delegacia através do telefone 329-6744. “Ainda não apuramos se ele participava diretamente dos roubos. Isto só as vítimas poderão confirmar”, afirmou o policial.

Inocente

Dono de uma boa conversa, Marcius tentou se explicar à polícia e garantiu que não tem nenhum envolvimento com roubo de carros, apesar de estar de posse de dois deles. Alegou que é mecânico e a camioneta e a Saveiro pertencem a um cliente, conhecido por Léo. “Eu não sabia de nada”, garantiu. Quanto aos antecedentes por estelionato, disse que foram alguns cheques que ele trocou com agiotas, que acabaram denunciando-o à polícia.