Um mal-entendido quase custou a vida de Raimundo Teodoro Rodrigues, 34 anos, na tarde de quarta-feira. Ele foi baleado três vezes por policiais militares, acusado de tentar roubar um caminhão e acertar uma enxadada em um soldado, no Jardim Cristal, em São José dos Pinhais. Segundo Paulo Rodrigues, pai de Raimundo, ele sofre de problemas mentais e a “agressão” foi um acidente.

Conforme relatou, seu filho puxava terra no terreno da vizinha, quando um caminhão de gás parou por perto. “Deu uma tentação nele. Ele queria vender gás”, explicou Paulo. Com a enxada e uma faca na mão, Raimundo teria pedido ao motorista para subir no veículo. Mas foi seu ato foi interpretado como um assalto.

A polícia cercou o acusado, que relutava em se entregar. O pai e outras pessoas que conheciam Raimundo avisaram os policiais que o rapaz estava em surto, para tentar evitar o pior. “Ele só jogou a enxada para trás, mas a ferramenta atingiu o soldado”, relatou Paulo. Segundo ele, foi disparado um tiro que derrubou Raimundo e mais dois quando ele estava caído. Raimundo foi algemado e levado ao Hospital Cajuru, de onde saiu na quinta-feira, e foi levado à delegacia da cidade, pela PM.