Duas pessoas foram assassinadas no sábado, no Cajuru. O último crime aconteceu por volta das 19h de sábado, na Rua Sebastião Marcos Luiz, próximo à linha do trem, na Vila São João del Rey. O açougueiro Renato Ribeiro Pinto, 22 anos, que tinha saído de casa horas antes, em sua bicicleta, foi baleado e encontrado agonizando.

O Siate atendeu o jovem, que morreu na ambulância do Siate. O motivo do crime não foi apurado, mas como a bicicleta e o relógio da vítima sumiram, a polícia não descarta latrocínio (roubo com morte).

Perseguido

Horas antes, no início da madrugada, o usuário de drogas Diego Carvalho, 18, foi executado com seis tiros, dentro de um bar, na Rua Iolanda Maria José Frederico. As informações são que o jovem chegou correndo para se refugiar dentro no estabelecimento, mas foi alcançado e fuzilado.

No local, comentou-se apenas que Diego usava drogas e que o crime pode ter ligação com o tráfico da região. No domingo passado, o pedreiro Rolan Trechinski da Silva, 31, foi brutalmente agredido na Rua Amim Abil Russ, próximo à Rua Rutildo Pulido. Ele não resistiu e morreu terça-feira, no Hospital Evangélico. Desde o início do ano, são sete assassinatos no Cajuru.