Com várias facadas no pescoço, André Luiz Sabino de Alencar, 39 anos, foi encontrado morto, na manhã de ontem, em frente a um sobrado na Rua Blaise Pascal, Abranches. Junto ao corpo, a polícia encontrou carteira com documentos, um baralho e uma mala com roupas.

De acordo com o soldado Roberto, do 20.º Batalhão da Polícia Militar, o vizinho da casa se deparou com o corpo na calçada e chamou a polícia por volta das 7h. Na carteira de trabalho, constava que André trabalhou até abril numa funerária em Almirante Tamandaré.

Piazada

Os moradores da região não reconheceram a vítima. O dono de um bar da rua transversal contou que avistou André passando pela rua com o baralho nas mãos. “Ele estava fazendo mágica com a piazada e aparentava estar embriagado.

Mas nem prestei atenção porque estava fechando o bar”, contou. “Pelo modo como foi morto, acredito que a causa tenha sido desavença pessoal e não tentativa de roubo, pois não levaram nada”, supôs o soldado Roberto.

A Delegacia de Homicídios investiga o crime.