?Nós precisamos de mais policiamento. Garotos andam pelo bairro empunhando revólveres como se estivessem segurando um celular?. O desabafo é dos familiares dos irmãos Vicente Donizete Santino, 34, e José Aparecido Sobrinho, 40, baleados na noite de domingo, quando estavam em uma praça da Rua Amsterdã, no Jardim Holandês, em Piraquara. José morreu na hora e Vicente permanece hospitalizado. Um cachorro que estava na praça também foi morto e outro rapaz foi ferido na perna.

De acordo com a família, os irmãos conversavam na praça e eram observados pela mãe, sentada em frente da casa. Por volta das 19h, um grupo de rapazes armados aproximou-se atirando, sem qualquer motivo. Atingiram as vítimas e desapareceram. Houve muitas testemunhas do caso e, de acordo com a família, a polícia já tem os nomes e os endereços dos atiradores. ?Nós queremos justiça?, afirmou um dos parentes. A mãe das vítimas está traumatizada e desde o atentado só consegue dizer que viu o filho ser morto na sua frente e nada pôde fazer para impedir.

Parentes das vítimas, que moram naquele local há 20 anos, disseram que as vítimas só tinham amigos na região.