Suspeito de ameaçar a esposa com duas armas de fogo, um “machão de cozinha” foi preso, na manhã de ontem, por policiais da delegacia de Pinhais. Cansada de sofrer, a mulher de Mauro Garbos, 46 anos, resolveu denunciá-lo à polícia e revelou que o marido escondia dois revólveres, de calibres 38 e 32, no forro do sofá da sala, além de diversas munições. O homem foi liberado após pagar fiança.

Mauro e a mulher são casados há 26 anos e têm três filhos. Depois de ficar na mira do revólver, a vítima decidiu sair de casa, há cerca de 15 dias, e criou coragem para denunciar o caso. Na manhã de ontem, investigadores cumpriram mandado de busca e apreensão na residência do casal, na Avenida Ayrton Senna da Silva. Com a descoberta das armas, Mauro foi preso e encaminhado à delegacia, onde foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma e também responderá pela violência doméstica (Lei Maria da Penha).

O delegado Fábio Amaro explicou que, como os revólveres estavam com a numeração íntegra, foi arbitrada fiança de R$ 2 mil. “Infelizmente, temos a obrigação de liberá-lo, mas retiramos as armas de circulação. Agora, ele deverá prestar contas à Justiça”, afirmou o delegado. Em seu depoimento, Mauro alegou que guardava as armas para defesa própria.