Uma ligação anônima denunciou que haveria uma fuga em massa do xadrez da Delegacia de Fazenda Rio Grande, que abriga 70 presos, em seis celas com capacidade para 24 detentos. Havia dois plantonistas na delegacia, que tiveram que pedir "socorro" para a Polícia Militar e o Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), para impedir a fuga.

Os plantonistas não haviam desconfiado de nada, nem escutado barulho estranho, antes de receber o telefonema. Porém, um dos policiais resolveu espiar pela fechadura da porta que dá acesso à cadeia e viu um dos detentos serrando o cadeado do corredor. Nos fundos do xadrez, ele observou uma grande movimentação. Imediatamente, chamou reforço para conter a fuga. Dos seis cubículos, somente um estava com o cadeado intacto. Todos os detentos foram revistados e colocados no solário, enquanto aguardavam o conserto da cadeia.