O lenhador Valdemar dos Santos, 44 anos, foi encontrado morto, no final da manhã de ontem, em um córrego às margens do quilômetro 14 da Rodovia dos Minérios, Jardim Colonial, em Almirante Tamandaré. O delegado Adilson Ricardo da Silva, titular da delegacia do município, aguarda os laudos do Instituto Médico-Legal, que determinarão qual a causa da morte.

O homem estava caído de cabeça para baixo, com uma pedra grande sobre a nuca. Também uma corda foi encontrada ao lado do corpo, levantando a suspeita que ele tenha sido esganado antes de a pedra ser jogada em sua cabeça. Apesar de a calça de Valdemar estar abaixada, a polícia não acredita que tenha havido violência sexual.

Casa

O delegado informou que Valdemar sempre usava aquele caminho para ir à casa da mãe. O filho da vítima contou que viu o pai pela última vez na noite de terça-feira, quando Valdemar saiu de casa, no bairro Recanto Feliz. Ele se mudou com a família de Rio Branco do Sul há pouco tempo. O delegado afirmou que Valdemar nunca teve problemas com à polícia.