Preso quatro vezes somente neste ano, Adir Santos Mobeli (foto), 31 anos, foi solto ontem também pela quarta vez por decisão judicial, sem nem precisar pagar fiança. Em todas as detenções, o suspeito estava envolvido em desmanches. A última prisão ocorreu na segunda-feira, quando os policiais encontraram quatro veículos roubados, três deles já cortados, em um barracão no Pinheirinho. De acordo com a DFRV, Adir foi autuado quatro vezes por receptação neste ano.

Em entrevista à Tribuna na segunda-feira, Adir contou que compra cada carro roubado por R$1.500 e revende, cortado, por R$ 3 mil. Conforme a DFRV, é comum que os suspeitos presos sejam liberados pelo Judiciário. “Os presos que passam por aqui costumam voltar três ou quatro vezes no mesmo ano”, comentou um policial.