Discussão terminou na morte de Jonas de Melo Padilha, 20 anos, na noite de anteontem (29). Ele bebia em um bar da Rua João Oliveira da Silva, Jardim Libanópolis, em São José dos Pinhais, quando quatro homens o chamaram para fora, e um deles deu o tiro fatal na cabeça do rapaz.

Jonas foi chamado, por volta das 19h30, por três homens de dentro de um Celta prata e outro que pilotava uma moto. Um dos rapazes desceu do carro, discutiu com a vítima, e deu um tiro na cabeça dela, em frente ao bar. Policiais civis não encontraram nenhuma cápsula de arma de fogo deflagrada nas proximidades.

Criação

Jonas trabalhava como servente, conforme contou o pai dele, João de Oliveira Silva. “O problema é que quando bebia tinha comportamento violento. Tentei criá-lo na igreja, com bons costumes, mas acabou assim”, lamentou.

De acordo com o cabo Ramos, da Polícia Militar, a vítima não tinha antecedentes criminais. Os homens envolvidos no crime são conhecidos pela vizinhança e continuam procurados. O motivo do assassinato ainda é desconhecido.