Acusado de estuprar uma jovem, de 21 anos, Adailton José Trindade dos Santos, 30 anos, foi detido por investigadores da delegacia do Alto Maracanã e policiais militares do 17.º BPM, na manhã de ontem. O delito foi cometido na noite de sábado e a justificativa dada pelo acusado foi simples: “Deu bobeira”.

Com uma pistola de brinquedo, Adailton ameaçou a jovem, quando ela conversava em um telefone público da Rua Nossa Senhora do Carmo, São Sebastião, em Colombo, às 21h. Conforme relatado pela vítima, ele a obrigou a entrar em um matagal e, sob ameaça, manteve relações sexuais com ela durante uma hora. O estupro só teve fim quando a moça conseguiu desarmar o agressor e fugir para prestar queixa na delegacia.

A equipe do Alto Maracanã foi até o local indicado e encontrou a pistola e uma carteira do IML falsificada. Por meio do documento, os policiais localizaram o endereço do suspeito, que foi detido com a ajuda da PM. Com ele, foi encontrado um par de algemas, possivelmente usado para intimidar e imobilizar as vítimas. O delegado Messias Antônio da Rosa autuou o anormal em flagrante. Adailton resumiu sua atitude como uma “bobeira”, assim como a compra da arma, por 10 reais. “Estava bêbado”, completou. A pena prevista para o crime de estupro é de 8 a 12 anos.