Um homem foi encontrado morto perto do Ribeirão dos Padilhas, na Vila Osternack, em uma área costumeiramente freqüentada por usuários de drogas, no início da manhã desta segunda-feira (28). O pai da vítima esteve no local e não soube informar nada que pudesse ajudar nas investigações.

Moradores da Rua Miguel Rossetim, bairro Ganchinho, avisaram a polícia de que um rapaz estava caído em meio a entulhos por volta das 7h. Lindsley Dias Batista, 28 anos, foi atingido por um tiro no peito e levou pancadas com um objeto pontiagudo na cabeça.

Apesar de a vizinhança ter relatado ouvir tiros por volta das 5h, a vítima morreu provavelmente minutos antes da chegada da Polícia Militar, de acordo com a perícia do Instituto de Criminalística. O corpo estava a poucos metros do par de tênis que Lindsley utilizava, mas não havia nenhuma marca indicando que o cadáver foi arrastado pelos assassinos.

O rapaz era visto com freqüência nas redondezas do local onde foi encontrado morto. O pai da vítima, entretanto, relatou à polícia que não sabia o que seu filho fazia no bairro. Ele não imagina o que pode ter motivado o homicídio.