Paulo, delatado pela roupa.

Nem os santinhos nem os rosários escaparam da “mão-leve” de Paulo Ricardo Moreira Fernandes dos Santos, 24 anos, acusado de ter assaltado mais de 30 estabelecimentos comerciais em Curitiba. Conhecido como “o assaltante da jaqueta verde”, Paulo foi preso enquanto se preparava para atacar mais um comércio na tarde de sexta-feira. Ao ser detido, foi encaminhado ao 1.º Distrito Policial.

De acordo com o delegado Silvan Rodney Pereira, Paulo tinha preferência em assaltar estabelecimentos atendidos por mulheres. Ele costumava agir vestindo uma jaqueta de cor verde, o que lhe valeu o apelido. Colocando a mão por dentro dela, e simulando estar armado, dava voz de assalto às vítimas. Na tarde de sexta-feira, Paulo estava próximo a um estabelecimento, quando uma comerciante o reconheceu. Temendo ser novamente assaltada, ela acionou a Polícia Militar, e Paulo foi capturado. “Nós acreditamos que ele tenha cometido mais de 30 assaltos no centro da cidade e nas suas imediações, como nas ruas XV de Novembro, Dr. Pedrosa e Praça Rui Barbosa”, afirmou o delegado.

Ousadia

Entre os estabelecimentos assaltados pelo indivíduos estão farmácias, lanchonetes, panificadoras e até mesmo uma igreja. Segundo o delegado, pouco antes de ser detido, Paulo furtou de dentro de uma paróquia uma pasta de couro contendo vários terços, artigos religiosos e documentos da Cúria Metropolitana, com endereços e telefones de pessoas colaboradoras de várias paróquias. “A maioria dos telefones era de mulheres e certamente ele iria usar os apetrechos religiosos para abordá-las e cometer mais roubos”, finalizou o delegado.

Outras vítimas que reconheçam o assaltante podem entrar em contato com os policiais do 1.º Distrito pelo telefone 233-6672.