Os irmãos Laurentino e Constantino da Costa Vale, de 72 e 59 anos respectivamente, foram presos na tarde de terça-feira, em Sengés, a 230 quilômetros de Curitiba, na região do Norte Pioneiro.

Foram denunciados por abuso sexual contra duas meninas de 8 e 10 anos. Na casa deles, na Vila São Pedro, periferia do município, foram encontrados brinquedos, roupas de boneca e de crianças, doces e calcinhas. No ato da prisão, Constantino vestia duas peças íntimas femininas, de cores preta e vermelha, uma sobre a outra.

O caso foi denunciado primeiramente ao Conselho Tutelar por uma professora, que suspeitou que as meninas – de família humilde – estavam sofrendo algum tipo de exploração, pois apresentavam alterações no comportamento e freqüentemente chegavam na escola com doces e dinheiro.

Os conselheiros comunicaram à Polícia Civil, que iniciou as investigações e chegou até a casa dos dois maníacos. As meninas confirmaram o abuso ao delegado, inclusive revelando detalhes das relações sexuais.