Um homem alcoolizado matou a esposa com golpes de um pé de cabra e se entregou para a polícia na noite de quarta-feira (26), no bairro Cajuru, em Curitiba. O relacionamento de sete anos, segundo familiares e vizinhos, foi marcado por discussões frequentes.

Pouco depois das 21h, Guilherme Raimundo de Lima, 61 anos, saiu de casa transtornado, pedindo para os vizinhos chamarem o Siate porque ele matou a esposa Neuza Rodrigues Soares, 48 anos, e iria para a delegacia.

Quando os vizinhos entraram na residência do casal, na Rua Reinaldo Thá, encontraram Neuza desacordada, sentada na lavanderia, com ferimentos profundos na nuca.

Guilherme foi até o 6º Distrito Policial e contou para a polícia tudo o que havia acontecido. Os investigadores que estavam de plantão pediram apoio para a Polícia Militar para confirmar a história, e a equipe levou Guilherme novamente para casa.

Ao chegar no endereço, os policiais encontraram socorristas do Siate que constataram a morte de Neuza. Os policiais levaram Guilherme até o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (CIAC/Sul).

Em depoimento, ele declarou que bebeu a tarde toda com a esposa e brigou várias vezes com ela. Na hora do crime, ele quis sair com uma Kombi e ela não deixou.

Como os dois estavam bêbados, entraram em luta corporal e ele desferiu golpes com um pé de cabra na vítima. A vizinhança confirmou que naquela tarde muita confusão foi ouvida na casa, e que o casal brigava com freqüência.