A família de um homem morto com golpes de barra de ferro na sua cabeça durante a madrugada do dia 1.º de março, em Curitiba, identificou ontem o corpo. A vítima era Heitor Bastos, de 43 anos. Segundo a irmã dele, Heitor era pedreiro, estava separado e tinha o costume de beber.

Heitor foi morto dentro do quarto de uma casa no Capão Raso, zona sul de Curitiba. Vizinhos informaram que ouviram gritos e um tiro. O nome de um suspeito, conhecido como “Luís Colinha”, foi repassado à polícia. No local foi constatado indícios de luta corporal.