Ao retirar a guia de necropsia na Delegacia de Homicídios, para liberar o corpo de seu irmão do IML, o servente de pedreiro André Barbosa Oliveira, 31 anos, ficou preso. Ele tinha um mandado de prisão em aberto, por conta de um homicídio ocorrido ano passado.

O irmão de André, Lauri Barbosa, morreu na madrugada de 23 de fevereiro, agredido até a morte, na Vila Torres. Lauri ficou várias semanas no IML, até que a polícia conseguiu sua identificação. Depois disto, mais algumas semanas passaram até a família saber da morte.

André é suspeito de matar uma pessoa em Pinhais, em agosto de 2011. Ele negou o crime, alegou que reside em Foz do Iguaçu e só vai a Pinhais de vez em quando, visitar a mãe.