Policiais militares atuantes na “Operação Verão Paraná 2013/2014” prenderam um homem de 43 anos, suspeito de tentativa de homicídio contra a ex-mulher no município de Paranaguá, no litoral do Paraná. Após fugir da PM, ele foi preso e na casa dele foram apreendidas mais de 100 munições de calibre 765 (calibre de fuzil) e de calibre 22.

Segundo informações do soldado Clayton Simonato, que participou da ação, os policiais receberam informações de que o homem teria tentado matar a ex-mulher num bar durante a madrugada. Ele teria feito disparos contra ela e a agredido com um facão. O suspeito fugiu do local e a vítima foi hospitalizada. Os policiais iniciaram as buscas pelo suspeito, que foi encontrado já durante a manhã.

Por volta das 9h30, os policiais receberam informações por meio do telefone 190, relatando que a filha da vítima teria visto o homem em sua casa no bairro Porto Seguro. Uma equipe foi até o local e abordou o homem. “Ele ainda tentou fugir, mas conseguimos detê-lo. Durante a revista na casa, encontramos 81 munições para calibre 765 e 22 para calibre 22, além do facão e de uma garrucha, que possuía 10 munições”, disse o soldado.

Indagado sobre o paradeiro das armas, o homem disse aos policiais que havia deixado a arma usada no crime em uma casa no Parque Agari. A equipe deslocou-se até a casa e localizou a arma calibre 22. Após a apreensão, os policiais verificaram a documentação dele e constataram que um Mandado de Prisão por lesão corporal estava em aberto.

Ele foi preso e encaminhado até a delegacia de Paranaguá, para que as medidas necessárias fossem tomadas.