O catador de recicláveis Alessandro Ferreira de Lima Ramos, 28 anos, foi encontrado morto por volta das 8h de ontem, embaixo do pontilhão do trem, na entrada da Vila Pantanal, Boqueirão. Ele foi morto com um tiro na cabeça e a principal hipótese para o crime é o envolvimento do rapaz com o tráfico de drogas.

De acordo com os familiares, ele passou a noite na casa de uns amigos e saiu por volta das 3h, sem dizer para onde ia. Quando o dia clareou, alguns moradores da vila, que viram o corpo e chamaram a polícia, foram avisar que o rapaz estava morto.

<Noticias Relacionadas>

O tenente Mozer, do 20.º Batalhão da Polícia Militar, relatou que o crime aconteceu durante a madrugada e o carrinho que a vítima usava para trabalhar estava perto do corpo. “Ele tem um ferimento na cabeça. Não dá pra saber se ele foi ferido na nuca e transfixou pela boca ou ao contrário”, explicou o tenente.

Silêncio

O oficial disse também que por conta do local ter índices consideráveis de violência, principalmente por conta do tráfico de entorpecentes, as pessoas preferem enterrar seus mortos e não correr atrás de justiça, muito menos de dar detalhes do que aconteceu. “É fundamental que a população, de forma anônima, e que não ofereça risco para si, denuncie”, explicou o policial.