O dono de uma casa na Rua Orestes Thá, Vila Nossa Senhora da Luz, na Cidade Industrial, ainda dormia quando teve sua residência invadida por José Mauro Ferreira Pinto, 42 anos, que fugia do assassino. Ele tentou se esconder no barraco, mas foi morto com um tiro na nuca no quarto.

O crime aconteceu numa área onde está instalada uma unidade do Paraná Seguro (UPS). O morador da residência, Emídio, contou que levou um grande susto ao ser despertado pelo desconhecido. Segundo ele, José pulou o muro do terreno e bateu à porta desesperado. “Achei melhor ficar quieto. Mas como a porta não tem fechadura e só tem um ferro encostado no portão, ele conseguiu entrar em casa”, contou.

Correria

José deu dois passos e entrou no quarto de Emídio. Instantes depois, surgiu o assassino. “Ele estava encapuzado. Só dava pra ver os olhos”, disse. Conforme o morador, antes de atirar, o matador disse à vítima: “você me deu trabalho; correu até agora, mas não vai correr mais”. A perícia constatou que José levou um tiro na nuca.