Quando bebia cachaça em um bar, ontem à noite, na Rua Celso César Osternack, no Cajuru, João Lacerda dos Santos, 41 anos, foi baleado. Um homem se aproximou e perguntou: “E o negócio da casa?”.

Tranqüilamente, João respondeu: “O negócio da casa está na Justiça”. Irritado, o homem sacou a arma e efetuou dois disparos. Um deles acertou a barriga de João e o outro o braço de Valfride Alves, 37 anos. Os dois foram levados para o Hospital Cajuru.