A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu CRR, em Campina Grande do Sul, na noite de quarta-feira. Ele responde a quase 30 processos judiciais, tem cinco mandados de prisão e é procurado por aplicar golpes no Paraná, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. CRR conseguiu fugir da primeira abordagem, foi perseguido de carro pela BR-116, depois a pé por um matagal e tentou resistir à prisão.

O homem foi abordado no posto da PRF em Campina Grande do Sul. Enquanto os policiais verificavam outras ocorrências, ele conseguiu evadir-se no seu veículo, em alta velocidade. Foi perseguido de carro pela rodovia, parou, desceu do veículo, pulou a mureta e continuou a fuga a pé, por um matagal. Os policiais continuaram atrás dele, o alcançaram e finalmente prenderam.

Documentos

CRR foi levado à delegacia de Campina Grande do Sul, onde foram constatados os cinco mandados de prisão contra ele. No carro do detido, os policiais encontraram diversos documentos de veículos, alguns com forte indício de falsificação.

O detido já esteve envolvido em mais de 27 processos judiciais, acusado de montar empresa de fachada e oferecer vistos ilegais a pessoas que desejam morar nos Estados Unidos. Ele também integrou a famosa “quadrilha da pirâmide”, que já enganou muita gente em esquema fraudulento de arrecadação de dinheiro.